Artigo da seção pessoas Joaquim Miguel Dutra

Joaquim Miguel Dutra

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deJoaquim Miguel Dutra: 19-07-1864 Local de nascimento: (Brasil / São Paulo / Piracicaba) | Data de morte 28-04-1930 Local de morte: (Brasil / São Paulo / São Paulo)
Imagem representativa do artigo

Club de Regatas de Piracicaba , 1924 , Joaquim Miguel Dutra

Biografia
Joaquim Miguel Dutra (Piracicaba SP 1864 - São Paulo SP 1930). Pintor, decorador, músico, escultor e professor. Inicia sua atividade artística na primeira década do século XX. Paisagista autodidata, atuante em Piracicaba, São Paulo, elege o rio da cidade como seu principal ponto de interesse, representando-o na maioria de suas pinturas, que ora destacam o salto do Piracicaba, a rua do Porto, as usinas de açúcar, ora ressaltam a figura dos pescadores ou lavadeiras. Dificuldades financeiras, que se agravam pela boemia e pelo jogo, levam-no, por vezes, a executar serviços de pintura, forração de paredes e caixilharia. Como artista decorador, realiza trabalhos em igrejas, teatros e residências. São de sua autoria as pinturas decorativas de várias igrejas no interior de São Paulo: Capivari, Caconde, Itapira e Limeira e da antiga matriz de São Carlos. Como escultor, realiza imagens de Santa Bárbara, São José e do menino Jesus para igrejas de Santa Bárbara e Limeira. Em São Carlos, decora a residência de Antonio Carlos de Arruda Botelho, o conde do Pinhal, e pinta o pano de boca do Teatro Santo Estevão. Também é chamado para decorar as residências de José Leite Negreiros, Adolpho Carvalho e de Anna Cândida de S. Rezende, a baronesa de Rezende, em Piracicaba, entre outras. Tocador do instrumento de sopro oficlide, participa de orquestras locais e compõe tangos, valsas, polcas e outras melodias, muitas delas dedicadas a amigos e parentes, como o tango A Guanchuma ou a marcha Saudades de Almeida Júnior, executada nas homenagens do 30º dia da morte do amigo, com quem convivera em Piracicaba, e de quem recebera elogios como pintor.

Comentário Crítico
Pertencente a uma família de artistas, Joaquim Miguel Dutra é neto de Miguel Arcanjo Benício da Assunção Dutra, conhecido como Miguelzinho Dutra (1812 - 1875), e filho do violonista e decorador Miguel Ângelo Dutra. De formação autodidata, não estuda pintura nem freqüenta ateliês de arte. O interesse pela pintura, provavelmente devido à tradição artística da família, também se verifica entre seus filhos: João Dutra (1893 - 1983), pintor e professor de desenhoAlípio Dutra (1892 - 1964), que realiza estudos na Bélgica e França; Antônio de Pádua Dutra (1905 - 1939) e Archimedes Dutra (1908 - 1983), paisagistas.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Joaquim Miguel Dutra:

  • Outros nomes
    • Joaquim Miguel Dutra
    • J. Dutra
  • Habilidades
    • Pintor
    • Compositor
    • escultor
    • musicista
    • decorador

Obras de Joaquim Miguel Dutra: (20) obras disponíveis:

Exposições (7)

Artigo sobre Archimedes Dutra, Alípio Dutra, João Dutra, Antônio de Pádua Dutra, Miguelzinho Dutra e Joaquim Miguel Dutra (1937 : São Paulo, SP)

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioArchimedes Dutra, Alípio Dutra, João Dutra, Antônio de Pádua Dutra, Miguelzinho Dutra e Joaquim Miguel Dutra (1937 : São Paulo, SP): 1937
Resumo do artigo Archimedes Dutra, Alípio Dutra, João Dutra, Antônio de Pádua Dutra, Miguelzinho Dutra e Joaquim Miguel Dutra (1937 : São Paulo, SP):

Palácio das Arcadas (São Paulo, SP)

Fontes de pesquisa (16)

  • BRAGA, Theodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo: São Paulo Editora, 1942. R703.0981 B813a
  • BRAGA, Theodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo: São Paulo Editora, 1942.
  • CAMARGO, Armando de Arruda (org.); LOBO, Hélio de Sá (org.); AZEVEDO, João da Cruz Vicente de (org.). A Paisagem brasileira: 1650-1976. São Paulo: Sociarte, Paço das Artes, 1980. il. color.
  • CAMARGO, Armando de Arruda (org.); LOBO, Hélio de Sá (org.); AZEVEDO, João da Cruz Vicente de (org.). A Paisagem brasileira: 1650-1976. Apresentação Duilio Crispim Farina; fotografia Miguel Martins. Sao Paulo: Sociarte, Paço das Artes, 1980. 759.981 C172p
  • DEZENOVEVINTE: uma virada no século. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 1986. 709.81034 P645d
  • DEZENOVEVINTE: uma virada no século. São Paulo: Pinacoteca do Estado, 1986.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. R759.981 L533d
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988.
  • MARINHAS e ribeirinhas. Sao Paulo: Museu Lasar Segall, 1982. SPmLs 1982/m
  • MARINHAS e ribeirinhas. Sao Paulo: Museu Lasar Segall, 1982. il. p.b. color.
  • MELLO, Francisco de Assis Ferraz de A família Dutra. Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba. Piracicaba, v.6, n. 6, p. 19-29, 1999. Não catalogado
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. R703.0981 P818d
  • TARASANTCHI, Ruth Sprung. Pintores Paisagistas: São Paulo 1890 a 1920. São Paulo: Edusp : Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2002. 758.181 T177p
  • TARASANTCHI, Ruth Sprung. Pintores Paisagistas: São Paulo 1890 a 1920. São Paulo: Edusp : Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2002.
  • VELLOSO, Augusto Carlos Ferreira. Os Artistas Dutra: oito gerações. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo: Sociarte, 2000. 149 p., il. color.
  • VELLOSO, Augusto Carlos Ferreira. Os Artistas Dutra: oito gerações. Imprensa Oficial do Estado de São Paulo : Sociarte, 2000. 759.981 V4412a

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • JOAQUIM Miguel Dutra. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa21353/joaquim-miguel-dutra>. Acesso em: 22 de Set. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7