Artigo da seção pessoas Navarro da Costa

Navarro da Costa

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deNavarro da Costa: 25-09-1883 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro) | Data de morte 06-02-1931 Local de morte: (Itália / Toscana / Florença)
Imagem representativa do artigo

Marinha , 1912 , Navarro da Costa
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini/Itaú Cultural

Biografia
Mário Navarro da Costa (Rio de Janeiro RJ 1883 - Florença, Itália 1931). Pintor,  desenhista. No Rio de Janeiro, tem aulas particulares com José Maria de Medeiros (1849-1925) e Rodolfo Amoedo (1857-1941). Estréia como pintor em 1905, expondo no Salão Nacional de Belas-Artes - SNBA três telas que passam despercebidas da crítica, o que já não ocorre no Salão de 1907, quando recebe menção honrosa. Participa diversas vezes do Salão nas duas primeiras décadas do século XX, é premiado em 1912, 1913 e 1920. Realiza sua primeira exposição individual em 1910, na Galeria de Arte da Associação dos Empregados do Comércio do Rio de Janeiro. Em 1912 e 1913, participa dos salões organizados pela Sociedade Juventas, núcleo da futura Sociedade Brasileira de Belas-Artes. Em 1914 apresenta sua segunda individual, no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro. No mesmo ano ingressa na carreira diplomática, transfere-se para Nápoles, Itália, e freqüenta a Accademia di Belle Arti e os ateliês de Ulrico Pistilli e Attilio Pratella (1856-1949). Com o início da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), é transferido para o consulado brasileiro em Lisboa e integra-se à vida artística e cultural da cidade.

Participa das exposições anuais da Sociedade Nacional de Belas-Artes em 1916 e 1917. Ainda em 1917 é realizada, na Galeria da Misericórdia do Porto, uma mostra com cerca de 50 óleos e alguns pastéis com temas portugueses. Permanece por um ano em Paris, e entra em contato com obras do impressionismo e do fauvismo. Por volta de 1916, é nomeado cônsul do Brasil em Munique, onde trava contato com a pintura alemã do período. Retorna para o Rio de Janeiro em meados da década de 1920. Em 1926, promove uma exposição com telas trazidas da Europa. Funda, com outros artistas, a Associação de Artistas Brasileiros, da qual é o primeiro presidente. Falece em Florença em 1931, quando se preparava para assumir o consulado brasileiro em Livorno, Itália.

Comentário Crítico
Considerado um dos mais importantes pintores brasileiros de marinhas, Navarro da Costa trabalha, em toda sua carreira, com esse tipo de pintura em diferentes estilos, desde as mais veristas, nas quais explora em detalhes aspectos das atividades portuárias e pesqueiras, até as feitas sob influência do impressionismo ou do fauvismo, em que lida com a atmosfera e as cores da paisagem marítima.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Navarro da Costa:

  • Outros nomes
    • Mário Navarro da Costa
    • Mario Navarro da Costa
    • Nav da Costa
    • Nav. da Costa
  • Habilidades
    • pintor
    • cônsul
    • desenhista

Obras de Navarro da Costa: (13) obras disponíveis:

Exposições (27)

Artigo sobre Mário faz 100 Anos: 100 obras-primas da Coleção Mário de Andrade: pintura e escultura (1993 : São Paulo, SP)

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioMário faz 100 Anos: 100 obras-primas da Coleção Mário de Andrade: pintura e escultura (1993 : São Paulo, SP): 09-10-1993  |  Data de término | 09-12-1993
Resumo do artigo Mário faz 100 Anos: 100 obras-primas da Coleção Mário de Andrade: pintura e escultura (1993 : São Paulo, SP):

Instituto de Estudos Brasileiros (IEB/USP)

Todas as exposições

Eventos relacionados (1)

Fontes de pesquisa (15)

  • CAMPOFIORITO, Quirino. História da pintura brasileira no século XIX. Prefácio Carlos Roberto Maciel Levy. Rio de Janeiro: Pinakotheke, 1983. 292 p., il. p&b. color.
  • ACQUARONE, Francisco; VIEIRA, Adão de Queiroz. Primores da pintura no Brasil. 2.ed. [Rio de Janeiro]: [s.n.], 1942. [315] p., 2 v.
  • ARTE no Brasil. São Paulo: Abril Cultural, 1979. 1008 p., il. color. 2v.
  • AYALA, Walmir. Dicionário de pintores brasileiros. Organização André Seffrin. 2. ed. rev. e ampl. Curitiba: Ed. UFPR, 1997. 428 p.
  • BARATA, Frederico. Eliseu Visconti e seu tempo. Rio de Janeiro: Zelio Valverde, 1944. 222 p., il. p&b, 8 lâm.
  • BATISTA, Marta Rossetti; LIMA, Yone Soares de. Coleção Mário de Andrade: artes plásticas. 2.ed. São Paulo : Instituto de Estudos Brasileiros, Universidade de São Paulo, 1998.
  • BERGER, Paulo (org.). Pinturas e pintores do Rio antigo. Texto Paulo Berger, Herculano Gomes Mathias, Donato Mello Júnior. Rio de Janeiro: Kosmos, 1990. 251 p., il. color.
  • BRAGA, Theodoro. Artistas pintores no Brasil. São Paulo: São Paulo Editora, 1942. 251 p.
  • CAMARGO, Armando de Arruda (org.); LOBO, Hélio de Sá (org.); AZEVEDO, João da Cruz Vicente de (org.). A Paisagem brasileira: 1650-1976. São Paulo: Sociarte, Paço das Artes, 1980. il. color.
  • CAVALCANTI, Carlos (org.). Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: MEC / INL, 1973. v.1: A a C. (Dicionários especializados, 5).
  • FREIRE, Laudelino. Um século de pintura: apontamentos para a história da pintura no Brasil de 1816-1916. Rio de Janeiro: Fontana, 1983. 677 p.
  • LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. 555 p.
  • O MUSEU Nacional de Belas Artes. Texto Abbadia Caparelli. São Paulo: Banco Safra, 1985. 396 p., il. p&b color. (Banco Safra).
  • PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Texto Mário Barata, Lourival Gomes Machado, Carlos Cavalcanti et al. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1969. 559 p.
  • RUBENS, Carlos. Pequena história das artes plásticas no Brasil. São Paulo: Editora Nacional, 1941. 388 p. (Brasilian. Série 5ª: biblioteda pedagógica brasileira, 198).

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • NAVARRO da Costa. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa21341/navarro-da-costa>. Acesso em: 22 de Jul. 2018. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7