Artigo da seção pessoas Paulo Betti

Paulo Betti

Artigo da seção pessoas
Teatro / cinema  
Data de nascimento dePaulo Betti: 10-09-1952 Local de nascimento: (Brasil / São Paulo / Rafard)
Imagem representativa do artigo

Paulo Betti (Adminstrador) em cena de Os Iks , 1976 , Djalma Limongi Batista
Registro fotográfico Djalma Limongi Batista

Biografia

Paulo Sérgio Betti (Rafard, São Paulo, 1952). Diretor e ator. Paulo Betti é intérprete e diretor criado dentro do teatro de grupo, um dos responsáveis pela projeção do grupo Pessoal do Victor na década de 1970. Desenvolve carreira solo e é, hoje, um dos atores mais requisitados da sua geração, para o cinema e a televisão.

Forma-se como ator na Escola de Arte Dramática (EAD). Em 1975, é um dos fundadores do grupo experimental Pessoal do Victor, dirigido por Celso Nunes. Em Victor ou As Crianças no Poder, de Roger Vitrac, 1974; Os Iks, de Collin Turnbull, adaptação de Peter Brook e J.C. Carrière, 1976; e O Processo, de Kafta, 1977, três sucessivos êxitos do grupo, Betti se faz notar como ator, antes de fazer, em 1977, com Cerimônia para Um Negro Assassinado, de Fernando Arrabal, a sua estréia como diretor, distinguida com os prêmios Governador do Estado; Associação Paulista dos Críticos de Artes (APCA); e Troféu Mambembe de revelação de direção. Depois de atuar em A Vida É Sonho, de Calderón de la Barca, nova direção de Celso Nunes, 1978, obtém, em 1979, o primeiro grande sucesso como encenador, com Na Carrera do Divino, de Carlos Alberto Soffredini, produzido pelo Pessoal do Victor, através de uma original e poética pesquisa cênica sobre o cotidiano dos caipiras do interior paulista. Essa realização, na qual está presente também como ator, lhe vale os cinco mais importantes prêmios paulistas de melhor diretor da temporada, e é decisiva para que sua carreira teatral se concentre basicamente no trabalho de direção. Depois de atuar na criação paulista de A Aurora da Minha Vida, de Naum Alves de Souza, em 1981, dirige sucessivamente A Lata de Lixo da História, de Roberto Schwartz, 1980; O Anti-Nelson Rodrigues, de Nelson Rodrigues, em 1981; e Feliz Ano Velho, de Alcides Nogueira e Marcelo Rubens Paiva, 1983. Este último espetáculo, de grande empatia com o público, excursiona pelo Brasil e é também apresentado na Europa. De 1977 a 1984 participa, como professor, da implantação do Centro de Teatro da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

A partir da temporada carioca de Feliz Ano Velho, Betti passa a residir e trabalhar no Rio de Janeiro, onde em 1985 dirige, para o Teatro dos Quatro, Assim É...(Se Lhe Parece), de Luigi Pirandello, outro grande êxito de público. Ao insucesso de Ação entre Amigos, de Márcio Souza, 1986, segue-se a direção de O Amigo da Onça, de Chico Caruso, 1988, com Chiquinho Brandão e Sérgio Mamberti. Em 1989, retorna ao palco como ator em Perversidade Sexual em Chicago, de David Mamet, espetáculo do qual é também produtor, como já o fora em O Amigo da Onça. Em 1991, ganha o Prêmio Shell de melhor ator em A Fera na Selva, de Henry James, com direção de Luiz Arthur Nunes.

A partir da década de 1990, Paulo Betti se dedica com maior intensidade à televisão, quando trabalha como ator em várias novelas da TV Globo. Atua também no cinema, no qual suas principais atuações estão em Jogo Duro, de Ugo Giorgetti; Ed Mort, de Alain Fresnot, Doida Demais e Guerra de Canudos, de Sergio Rezende. É um dos fundadores e produtores da Casa da Gávea, espaço para apresentações, cursos e produção cultural no Rio de Janeiro.

Outras informações de Paulo Betti:

  • Outros nomes
    • Paulo Sérgio Betti
    • Paulo Betty
  • Habilidades
    • ator
    • diretor
  • Relações de Paulo Betti com outros artigos da enciclopédia:

Representação (1)

Espetáculos (40)

Todos os espetáculos

Fontes de pesquisa (8)

  • BETTI, Paulo. Rio de Janeiro: CEDOC / Funarte. Dossiê Personalidades Artes Cênicas.
  • MICHALSKI, Yan. Paulo Betti. In: ______. Pequena enciclopédia do teatro brasileiro contemporâneo. Rio de Janeiro, 1989. Material inédito e inconcluso, elaborado em projeto para o CNPq.
  • NA CARRERA do Divino. Rio de Janeiro: CEDOC / Funarte. Dossiê Espetáculo Adulto.
  • Programa do Espetáculo - A Aurora da Minha Vida - 1981
  • Programa do Espetáculo - Cloud Nine - Numa Nice - 1982
  • Programa do Espetáculo - O Anti-Nelson Rodrigues - 1981
  • Programa do Espetáculo - Victor, ou As Crianças no Poder - 1974
  • TEATRANDO.Disponível em: < http://www.teatrando.com.br/2011/01/critica-deus-da-carnificina.html >. Acesso em : 6 de maio de 2011

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • PAULO Betti. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa14031/paulo-betti>. Acesso em: 24 de Jun. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7