Artigo da seção pessoas Celso Oliveira

Celso Oliveira

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deCelso Oliveira: 27-10-1957 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)
Imagem representativa do artigo

Quem Somos Nós , 1996 , Celso Oliveira

Biografia
Celso de Oliveira Silva (Rio de Janeiro RJ 1957). Fotógrafo. Começa a fotografar em 1975 enquanto trabalha como assistente de laboratório no Estúdio Fotografismo e Artes, no Rio de Janeiro. Em seguida, transfere-se para São Paulo e inicia a carreira de fotojornalista, colaborando em diversos jornais e revistas como Veja, IstoÉ, Visão, Tênis Esporte e O Globo. Em 1980, muda-se para Fortaleza, onde integra a equipe coordenada por Chico Albuquerque (1917-2000) no jornal O Povo e participa do grupo de fotógrafos Dependentes da Luz. Na capital cearense, junto com o fotógrafo Tiago Santana (1966), em 1994, cria a agência e editora Tempo D'Imagem, com o objetivo de desenvolver ensaios documentais e livros de fotografia. Seu trabalho está voltado, sobretudo, para o registro de manifestações culturais e festas populares do Nordeste. Participa de diversas exposições, tanto no Brasil quanto no exterior, entre as quais se destaca o 5º Colóquio Latino-Americano de Fotografia, realizado na Cidade do México, em 1996. No fim da década de 1990, com Santana, Antonio Augusto Fontes (1948), Ed Viggiani (1958) e Elza Lima (1952), desenvolve o projeto Brasil sem Fronteiras, documentando as cidades fronteiriças do oeste do país. O trabalho dá origem a um livro homônimo, lançado em 2001. Oliveira vive entre Fortaleza e Rio de Janeiro, onde mantém uma filial da editora Tempo D'Imagem.

Comentário Crítico
Celso Oliveira se dedica, sobretudo, a projetos de fotografia documental. Diferente do fotojornalismo diário em que o profissional registra acontecimentos pontuais e não tem controle sobre o que será publicado, o fotodocumentarista escolhe o assunto, aborda-o num tempo alargado e edita as próprias imagens. Com o intuito de afirmar um ponto de vista pessoal, para ele as questões estéticas são tão importantes quanto a representação do referente. O trabalho é visto como uma junção de arte e jornalismo e seu objetivo é quase sempre a realização de livros e exposições. Do ponto de vista histórico, o trabalho de Oliveira se alinha à tradição documental internacional representada pelos fundadores da agência Magnum Photos: Robert Capa (1913-1954), Henry Cartier-Bresson (1908-2004), David Seymour (1911-1956) e George Rodger (1908-1995). Para eles, a fotografia não é um testemunho imparcial, mas uma forma de intervenção social.  Por ela, poderiam revelar realidades pouco conhecidas e denunciar injustiças.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Celso Oliveira:

  • Outros nomes
    • Celso de Oliveira Silva
  • Habilidades
    • fotógrafo

Obras de Celso Oliveira: (12) obras disponíveis:

Exposições (39)

Todas as exposições

Fontes de pesquisa (9)

  • OUTEIRO, Robson (coord.); PAIVA, Joaquim (org.). Visões e alumbramentos: fotografia brasileira contemporânea na coleção Joaquim Paiva. Versão em inglês Katica Szabó, Laura Ferrari; fotografia Denise Andrade. São Paulo: BrasilConnects Cultura & Ecologia, 2002. 296 p., il. p&b. color.
  • BIENAL Fotojornalismo Brasileiro (1990-1995). Curadoria Nelson Aguilar, Agnaldo Farias, Anna Carboncini. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1995. 247 p.
  • BRASIL sem fronteiras. Texto Claudio Bojunga, Pedro Karp Vasquez, Angela Magalhães, Nadja Peregrino. Rio de Janeiro: Tempo d'Imagem, 2001. 180 p.
  • CARBONCINI, Anna (coord.). Coleção Pirelli/MASP de Fotografias: v. 6. Texto Boris Kossoy; versão em inglês Kevin M. Benson Mundy. São Paulo: MASP, 1996. 92 p., il. p&b. color.
  • FERNANDES JÚNIOR, Rubens. Labirinto e identidades: panorama da fotografia no Brasil [1946-1998]. São Paulo: Cosac & Naify, 2003. 232 p., 124 il.
  • MUSEU DO CEARÁ. Quem somos nós: fotografia - Tiago Santana e Celso Oliveira. Texto Angela Magalhães, Nadja Peregrino; tradução Thaís Costa. Fortaleza: Museu do Ceará. 20 p., il. p&b.
  • PERSICHETTI, Simonetta. Imagens da fotografia brasileira. São Paulo: Estação Liberdade : Senac, 2000. 190 p., il. color.
  • SALÃO ARTE PARÁ, 19., 2000, Belém, PA. Arte Pará 2000. Curadoria Jussara da Silveira Derenji; tradução Guido Oddenino; texto Marisa Mokarzel, Marcus de Lontra Costa, João Paulo Farkas; tradução Liceu Italiano; texto Michele Vacchiano, Sergio Ferraris, Romerito Aquino, Matthias Harder, Luiz Paulo Baravelli, Olgária Matos, Jussara da Silveira Derenji. Belém: Fundação Romulo Maiorana, 2000. 100 p., il. color.
  • SOUZA, Jorge Pedro. Uma história crítica do fotojornalismo ocidental. Florianópolis; Chapecó: Letras Contemporâneas; Editora Grifos, 2000. 256 p., il. p&b.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • CELSO Oliveira. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa13170/celso-oliveira>. Acesso em: 27 de Jun. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7