Artigo da seção pessoas Newton Mendonça

Newton Mendonça

Artigo da seção pessoas
Música  
Data de nascimento deNewton Mendonça: 14-02-1927 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro) | Data de morte 22-11-1960 Local de morte: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)

Biografia
Newton Ferreira de Mendonça (Rio de Janeiro RJ 1927 - idem 1960). Compositor, pianista, violinista e gaitista. Seus pais são da cidade de Manaus. Miguel, professor de francês e inglês e militar, e Celeste, de origem pernambucana com ascendentes holandeses, toca piano e violino. Aos 2 anos, vai morar em Mato Grosso por causa do trabalho do pai, mas em 1939, com 12, volta para o Rio de Janeiro com a mãe e os dois irmãos, pois os pais estão separados. Nessa época, aprende violino e piano com a mãe. Ingressa no Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ), em regime de semi- internato. E a gaita é o instrumento que mais gosta de tocar principalmente no período em que está fora da sala de aula. Em 1940, vai morar no Bairro de Ipanema. Dois anos depois, conhece o compositor Tom Jobim (1927 - 1994). Sua amizade com Jobim, desde os 15 anos de idade, é decorrência não somente das afinidades musicais e da convivência de vizinhança, mas da prática de esportes na praia, principalmente o jogo de peteca, realizado com frequência em Ipanema, nas décadas de 1940 e 1950. Mas é nos primeiros anos da década de 1950 que começam a trabalhar juntos, de maneira formal - todas as noites Newton e Tom vão para a casa de um ou de outro para compor até de manhã.

Mendonça inicia a carreira profissional em 1950, como pianista da Orquestra do Waldemar, trompetista que faz bailes em várias boates da cidade. Assina contrato, em 1952, como pianista da boate Posto Cinco, revezando a função com Jobim. Atua também no French Can Can e na boate Tasca. O cantor Mauricy Moura (1926 - 1977) grava em 1953 a canção Incerteza, primeira música da dupla Mendonça/Jobim, no mesmo ano em que Dora Lopes registra Você Morreu pra Mim, parceria com Fernando Lobo. No mesmo ano, trabalha como pianista nas boates Mocambo e Mandarim e reveza, nesta, com o pianista e compositor Johnny Alf.

São gravadas em 1956 outras músicas de sua parceria com Jobim: Só Saudade, por Osny Silva e Cláudia Morena; Luar e Batucada (1957), Foi a Noite (1956), ambas por Sylvinha Telles. Ainda nesse ano atua como pianista em casas noturnas como Le Carroussel, Posto Cinco e nas boates do Beco das Garrafas. O cantor João Gilberto (1931) grava Desafinado, em 1959, uma das canções mais representativas da bossa nova, parceria com Jobim. No ano seguinte, mais duas composições de sua parceria com Jobim são gravadas: Meditação, pela cantora Isaurinha Garcia, e Discussão, por Sylvinha Telles.

Em 1960, João Gilberto lança o LP O Amor, o Sorriso e a Flor. Estão presentes no disco as músicas Meditação, Samba de uma Nota Só e Discussão, todas em parceria com Jobim. Sua música Seu Amor, Você se classifica em oitavo lugar no Festival do Rio - As Dez Mais Lindas Canções de Amor, no Tijuca Tênis Clube.

Morre aos 33 anos, no dia 22 de novembro de 1960, em decorrência do terceiro infarto. No mês seguinte, a Canção do Pescador vence, na interpretação do cantor Roberto Amaral (1925), a Festa da Música Popular (Guarujá, São Paulo), primeiro festival de âmbito nacional do Brasil.

 

Comentário Crítico
Newton Mendonça é considerado um pianista inovador, um indivíduo arredio, tímido, que prefere viver um pouco afastado do convívio social, mas interessado em tocar piano nos bares de Copacabana. Autodidata, não tem uma educação musical formal em escola ou conservatório de música, pois sua família não tem recursos financeiros e vive com dificuldades. Estuda sozinho, gosta de ler, procura ouvir de tudo e aprender com quem se dispõe a ensinar e responder às suas dúvidas. Politizado, apreciador de cinema e literatura, escreve as letras para suas composições. Ouve os clássicos da música norte-americana por meio dos discos e frequenta o cinema com Tom Jobim, pois ambos gostam de escutar as trilhas sonoras e assistir aos musicais. Entre os compositores que mais admira na época estão George Gershwin, Cole Porter, Glenn Miller.

continuar a leitura do texto Continuar a leitura do texto...

Outras informações de Newton Mendonça:

  • Outros nomes
    • Newton Ferreira de Mendonça
  • Habilidades
    • Compositor
    • Pianista
    • Violinista
    • Instrumentista

Fontes de pesquisa (11)

  • CABRAL, Sérgio. Antônio Carlos Jobim - Uma biografia. Rio de Janeiro: Lumiar Editora, 1997.
  • CÂMARA, Marcelo; MELLO Jorge; GUIMARÃES, Rogério. Caminhos cruzados - A vida e a música de Newton Mendonça. Rio de Janeiro, Mauad, 2001.
  • CAMPOS, Augusto de. Balanço da bossa e outras bossas. São Paulo: Editora Perspectiva, 1968.
  • CASTRO, Ruy. A onda que se ergueu no mar - Novos mergulhos na bossa nova. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.
  • CASTRO, Ruy. Chega de saudade: a história e as histórias da bossa nova. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.
  • CEZIMBRA, Márcia; CALLADO, Tessy; SOUZA, Tárik de. Tons sobre Tom. Rio de Janeiro: Editora Revan, 1995.
  • JOBIM, Paulo - coordenação. Cancioneiro Jobim - vol. 1. Rio de Janeiro: Jobim Music, 2001.
  • MACHADO, Cacá. Tom Jobim. São Paulo: Publifolha, 2008.
  • MARKUN, Paulo, organizador. O melhor do Roda Viva. São Paulo: Cultura Marcas, 2005.
  • MELLO, Zuza Homem de. Eis aqui os bossa nova. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2008.
  • SEVERIANO, Jairo e MELLO, Zuza Homem de. A Canção no tempo II: 85 anos de músicas brasileiras (1958-1985). São Paulo: Editora 34, 1998. v. 2. (Ouvido Musical)

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • NEWTON Mendonça. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa12636/newton-mendonca>. Acesso em: 21 de Jan. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7