Artigo da seção pessoas Luiz Fernando Guimarães

Luiz Fernando Guimarães

Artigo da seção pessoas
Teatro  
Data de nascimento deLuiz Fernando Guimarães: 28-11-1949 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)

Biografia

Luiz Fernando Guimarães (Rio de Janeiro RJ 1949). Ator. Fundador e integrante do grupo Asdrúbal Trouxe o Trombone, atua em Trate-me Leão, inaugurando, na década de 70, um estilo de atuação baseado na valorização da espontaneidade e na pessoalidade do intérprete.

Estréia como profissional em 1974 em O Inspetor Geral, de Nikolai Gogol, com direção de Hamilton Vaz Pereira, primeiro trabalho do Asdrúbal. Seguem-se: Ubu Rei, de Alfred Jarry, 1975; Trate-me Leão, primeira criação coletiva do grupo, coordenados por Hamilton, 1977; Aquela Coisa Toda, texto final e direção de Hamilton, 1980 e, fechando as atividades do conjunto, A Farra da Terra, de Hamilton, 1983.

Em sintonia com a proposta do diretor Hamilton Vaz Pereira e do conjunto, desenvolve uma personalidade cênica que pode ser levada a qualquer espetáculo: as personagens são criadas a partir dele, assim como os roteiros, frutos da criação coletiva.

Ao lado de Regina Casé, torna-se, no campo da interpretação, símbolo do espírito da contracultura e do teatro marginal. A irreverência aliada à estética, que em lugar dos efeitos cênicos trabalha com a imaginação e a paródia, afirma o descompromisso e, com ele, a rejeição ao teatro tradicional.

Atua em As Guerras do Alecrim e da Manjerona, de Antônio José da Silva, o Judeu, com direção de Bia Lessa, em 1987. No mesmo ano, está em Drácula, adaptação e direção de Ary Fontoura. Em 1988, é dirigido por Marília Pêra, em O Reverso da Psicanálise: uma Comédia Irresponsável, de Charles Ludlam.

A partir da década de 90, seu trabalho se concentra na televisão, na qual se destaca por TV Pirata - programa em que atua como comediante, com um grupo de atores que se revezam em vários quadros e personagens.

Em 1994, ressurge no teatro em 5 x Comédia, esquetes de Pedro Cardoso, Luis Fernando Veríssimo, Hamilton Vaz Pereira, Mauro Rasi e Vicente Pereira, ao lado de comediantes já consolidados de sua geração: Diogo Vilela, Fernanda Torres, Pedro Cardoso e Débora Bloch, sendo novamente coordenado por Hamilton. É dirigido por sua parceira Regina Casé, em Castiçais,1997. Neste mesmo ano, chama atenção no cinema em O que é isso Companheiro, filme de Bruno Barreto.

Com o seu rosto quase sempre sério, seu corpo aparentemente desengonçado mas sob rígido controle e sua grande comunicabilidade cômica, cristaliza um estilo pessoal de humor, criando uma marca registrada que se efetiva a cada apresentação, seja ela no cinema, na televisão e, a partir dos anos 90, com menos assiduidade, no teatro.

Outras informações de Luiz Fernando Guimarães:

  • Outros nomes
    • Luiz Fernando Guimarães
    • Luis Fernando Guimarães
  • Habilidades
    • ator
    • autor

Espetáculos (12)

Fontes de pesquisa (6)

  • ANUÁRIO de teatro 1994. São Paulo: Centro Cultural São Paulo, 1996. 415 p. R792.0981 A636t 1994
  • AUGUSTO, Sérgio. Luiz Fernando, um agitado assumido. Folha da Tarde, São Paulo, 23 maio 1988.
  • FERNANDES, Sílvia. Grupos teatrais: anos 70. Campinas: Unicamp, 2000.
  • GUIMARÃES, Luiz Fernando. Rio de Janeiro: CEDOC / Funarte. Dossiê Personalidades Artes Cênicas.
  • MICHALSKI, Yan. Luiz Fernando Guimarães. In: ______. Pequena enciclopédia do teatro brasileiro contemporâneo. Rio de Janeiro, 1989. Material inédito, elaborado em projeto para o CNPq. 
  • OLIVEIRA, Roberta. Marco Nanini entrevista Luiz Fernando. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 26 jan. 1997. Revista de Domingo, p. 5-7.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • LUIZ Fernando Guimarães. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa109232/luiz-fernando-guimaraes>. Acesso em: 24 de Abr. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7