Artigo da seção pessoas Claudia Jaguaribe

Claudia Jaguaribe

Artigo da seção pessoas
Artes visuais  
Data de nascimento deClaudia Jaguaribe: 12-10-1955 Local de nascimento: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)
Imagem representativa do artigo

A Escada , 1984 , Claudia Jaguaribe
Reprodução fotográfica do artista

Biografia
Claudia Jaguaribe Gomes de Mattos (Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1955). Fotógrafa, artista plástica. Forma-se em história da arte pela Universidade de Boston, Estados Unidos, em 1979. De volta ao Brasil, torna-se responsável pelos cursos de artes plásticas e fotografia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), de 1979 a 1981; e pelo setor de fotografia da Fundação Rio Arte, 1981 a 1984, e da Casa de Cultura Laura Alvim, de 1984 a 1986.

Além das atividades didáticas, realiza fotografias de moda e publicidade para diferentes jornais Folha de S.Paulo, O Globo, Jornal do Brasil, The Harvard Magazine, e revistas, como Veja, Exame, Playboy, Vogue e Marie Claire. A partir da primeira exposição individual, em 1982, passa a expor regularmente nas principais cidades brasileiras e no exterior. Projetos e exposições resultam em diferentes livros, como Cidades (1993), Retratos Anônimos, (1996) e Aeroporto, (2002). É autora, com Beatriz Jaguaribe, da fotonovela Quem Você Pensa que Ela É? e, com Luiz Alfredo García-Roza (1936), do livro Rio de Janeiro (2006). Seus trabalhos mais recentes vêm articulando fotografia e vídeo como, por exemplo, o projeto Foto em Movimento, contemplado com o Prêmio Sérgio Motta de Arte e Tecnologia, em 2003. A fotografia e o vídeo juntam-se à internet no projeto interativo Você Tem Medo de Quê?, de 2006.

Análise
As imagens de Claudia Jaguaribe estão enraizadas na experiência contemporânea. A cara e o ritmo das cidades, Cidades, o movimento das coisas e dos corpos em O Corpo da Cidade e Fantasia, personagens  - Retratos Anônimos, espaços de trânsito em Aeroporto e outros de reclusão - Carandiru, todas essas são faces capturadas pela artista. Não se trata de documentar o presente, mas de lançar uma reflexão sobre ele a partir de imagens que se declaram construções, artefatos. A tentativa de romper com o travo naturalista que ronda a documentação aparece em todos os trabalhos, mesmo naqueles realizados com franco intuito documental  - a obra Atletas, uma das poucas realizadas em p&b, registro dos Jogos Olímpicos de 1996. A saturação de cores, a luz estourada, o movimento a desfazer permanentemente a figura, os jogos de espelhos e superposição de imagens são alguns dos recursos empregados pela fotógrafa nessa direção.

O empenho em explorar os limites da fotografia é marca forte de sua obra, que transita entre a fotografia convencional - feita nas ruas ou em estúdio e a experimentação -, há elemntos de cinema, de vídeo, de computação gráfica e as mídias em geral. "Gosto de criar o cenário", diz ela, "de montar uma imagem. Tem muito de cinema nas minhas imagens. Gosto de multimídia, do texto interferindo, das imagens se sobrepondo...". Não é à toa que a artista se lança progressivamente na direção da câmera em movimento, da articulação de diversas linguagens em projetos interativos. Mas mesmo aí, a fotografia não é jamais abandonada, funcionando como instrumento privilegiado de construção da obra.

Outras informações de Claudia Jaguaribe:

  • Outros nomes
    • Claudia Jaguaribe Gomes de Mattos
    • Cláudia Jaguaribe
    • Claudia Jaguaribe de Lara Resende
  • Habilidades
    • fotógrafo

Obras de Claudia Jaguaribe: (35) obras disponíveis:

Todas as obras de Claudia Jaguaribe:

Exposições (75)

Artigo sobre Coletiva 2002

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de inícioColetiva 2002 : 19-03-2002  |  Data de término | 27-03-2002
Resumo do artigo Coletiva 2002 :

Galeria Baró Senna (São Paulo, SP)

Todas as exposições

Eventos relacionados (9)

Artigo sobre sp-arte 2010

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de iníciosp-arte 2010: 29-04-2010  |  Data de término | 02-05-2010
Resumo do artigo sp-arte 2010:

Fundação Bienal de São Paulo

Artigo sobre sp-arte 2011

Artigo da seção eventos
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de iníciosp-arte 2011: 12-05-2011  |  Data de término | 15-05-2011
Resumo do artigo sp-arte 2011:

Fundação Bienal de São Paulo

Fontes de pesquisa (8)

  • GONÇALVES, Marcos Augusto. Jaguaribe expõe seres híbridos. Folha S. Paulo. São Paulo, 10 nov 1997. Ilustrada, p. 10
  • CARBONCINI, Anna (coord.). Coleção Pirelli/MASP de Fotografias: v. 4. Versão em inglês Kevin M. Benson Mundy. São Paulo: MASP, 1994.
  • FERNANDES JUNIOR, Rubens. Revista IrisFoto, março de 1990
  • JAGUARIBE, Claudia. Atletas do Brasil. Prefácio Marcos Augusto Gonçalves. Introdução Leão Serva. Rio de Janeiro, Sextante Artes, 1999, 224 pp. il. p&b.
  • JAGUARIBE, Claudia. Cidades. Texto Milton Hatoum. São Paulo, Companhia das Letras, 1993, il. color, s/p.
  • MAGALHÃES, Ângela & PEREGRINO, Nadja Fonseca. Fotografia no Brasil. Um olhar das origens ao contemporâneo. Apresentação Pedro Karp Vasquez. Rio de Janeiro, FUNARTE, 2004, 461 pp. il p&b.
  • PERSICHETTI, Simonetta. Cláudia Jaguaribe esculpe a imagem. O Estado de S. Paulo, São Paulo, s.d.
  • PERSICHETTI, Simonetta. Imagens da fotografia brasileira. Prefácio Evaldo Mocarzel. São Paulo, Estação Liberdade, 1997, 207 pp. il p&b.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • CLAUDIA Jaguaribe. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa102299/claudia-jaguaribe>. Acesso em: 20 de Jan. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7