Artigo da seção pessoas Paloma Vidal

Paloma Vidal

Artigo da seção pessoas
Literatura  
Data de nascimento dePaloma Vidal: 04-03-1975 Local de nascimento: (Argentina / Buenos Aires / Buenos Aires)

Biografia

Paloma Vidal (Buenos Aires, Argentina, 1975).  Aos 2 anos de idade muda-se com os pais para o Rio de Janeiro, onde passa a infância e a juventude. A autora, no entanto, jamais se naturaliza brasileira, e a condição de estar entre duas línguas e duas culturas tem implicações em sua obra, tanto acadêmica quanto literária. Em 1999, gradua-se em letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e, no ano seguinte, ingressa em nova graduação, filosofia, na mesma instituição, formando-se em 2006. Em 2003, publica seu primeiro livro de contos, A Duas Mãos. No mesmo ano, passa a editar a revista Grumo, publicação anual que aborda as relações entre as literaturas brasileira e argentina. Entre 2002 e 2006, elabora tese de doutorado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ). Realiza parte da pesquisa em Los Angeles, Estados Unidos, onde, paralelamente à escrita da tese, elabora seu primeiro romance, Algum Lugar (2009). Ainda em 2009, passa a lecionar na Universidade Federal de São Paulo, na área de teoria literária.

Análise

Os temas abordados por Paloma Vidal - tanto em suas obras acadêmicas quanto ficcionais - relacionam-se fortemente a sua biografia: desde o primeiro livro de contos, A Duas Mãos (2003), Paloma debruça-se sobre motivos como viagens, deslocamentos, o exílio. O teor autobiográfico da abordagem de tais temas torna-se nítido quando se conhecem as origens da escritora, que vem para o Brasil com os pais, perseguidos pela ditadura na Argentina. A questão do viver em trânsito assim se impõe em diversos aspectos que tangem sua produção ficcional, seja territorial, seja cultural ou linguístico.

Em um dos contos de A Duas Mãos, por exemplo, cujo título, Tempo de Partir, remete à problematização do contínuo "estar em trânsito", a ambiguidade cultural vivenciada pela personagem principal se dá no nível mais profundo da consciência: o da linguagem. A protagonista pensa em "portunhol", ou seja, percebe e articula sua compreensão do mundo por meio de um idioma híbrido, composto de português e espanhol.

Ainda no mesmo livro, aparecem outras características marcantes do estilo da autora, como a constituição de um ponto de vista majoritariamente feminino e a investigação das razões da escrita. Tais aspectos são retomados no romance Algum Lugar (2009), no qual uma personagem feminina elabora um doutorado nos Estados Unidos - mais uma vez pautado por elementos autobiográficos que alimentam o universo ficcional da autora.

Com base nessas experiências de deslocamento, até mesmo no âmbito do relacionamento amoroso, Paloma tece reflexões estéticas sobre a constituição da identidade e da escrita em contexto contemporâneo.

Outras informações de Paloma Vidal:

  • Outros nomes
    • Paloma Vidal

Eventos relacionados (1)

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • PALOMA Vidal. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa101609/paloma-vidal>. Acesso em: 15 de Dez. 2018. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7