Artigo da seção instituições Museu de Arte Sacra de Ouro Preto. Paróquia do Pilar

Museu de Arte Sacra de Ouro Preto. Paróquia do Pilar

Artigo da seção instituições
Artes visuais / música  
Data de aberturaMuseu de Arte Sacra de Ouro Preto. Paróquia do Pilar: 22-09-1989 Local de abertura: (Brasil / Minas Gerais / Ouro Preto)

Histórico

O Museu de Arte Sacra de Ouro Preto é constituído juridicamente em 22 de setembro de 1989 como fundação vinculada a uma organização religiosa não-universitária. É reformado e reinaugurado em maio de 2000 no subsolo da Matriz de Nossa Senhora do Pilar, praça Monsenhor Castilho Barbosa, 17. O edifício tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan oferece ao visitante um exemplo representativo do barroco brasileiro. Com planta atribuída ao arquiteto Pedro Gomes Chaves, a igreja é erguida no decorrer do século XVII, e sua fachada atual é concluída em 1848. A carpintaria da nave, de Antonio Francisco Pombal, a obra de talha da capela-mor, de Francisco Xavier de Brito, mestre de Aleijadinho (1730 - 1814), o altar principal e os laterais são outros elementos oferecidos à visitação. O museu está especificamente voltado para a conservação, documentação e divulgação da arte sacra e de sua história, e envolvido com a conservação de bens móveis e imóveis da paróquia do Pilar, a cargo de equipes especializadas em obras de restauração de monumentos. Além das coleções abertas ao público, O Museu de Arte Sacra organiza exposições itinerantes, ações comunitárias e atividades culturais, ligadas ao calendário religioso e cultural da cidade, como a Semana Santa. Uma biblioteca especializada em arte sacra e história de Minas Gerais encontra-se à disposição dos pesquisadores.

O Museu conta com acervo formado por diferentes irmandades, confrarias e associações religiosas, que começa a ser organizado a partir de 1984. As 8 mil peças dos séculos XVII, XVIII e XIX permitem o acesso à arte sacra do Brasil colônia. O conjunto é composto de objetos litúrgicos variados, representativos da ourivesaria colonial (cálices, cruzes e lanternas processionais; vasos para água e vinho; castiçais; turíbulos etc.); de quadros, paramentos, vestes religiosas (confeccionadas com fios de ouro, prata e seda) e missais (como o exemplar de Antuérpia, de 1738). Imaginária, mobiliário, documentos das irmandades, manuscritos, partituras, entre outros, completam o acervo, no qual se destacam esculturas sacras de Francisco Xavier de Brito. A ampla documentação relacionada a nascimentos, óbitos, casamentos e testamentos, por sua vez, é a base de um dos mais importantes arquivos de tipo paroquial do Brasil colonial e imperial. Organizado como Arquivo Eclesiástico da Paróquia Nossa Senhora do Pilar de Ouro Preto - AEPNSP, dotado de personalidade jurídica própria pelo Museu de Arte Sacra, recebe cuidadoso tratamento arquivístico, a cargo de especialistas. O projeto O Banco de Dados Relativo ao Acervo da Freguesia de Nossa Senhora do Pilar de Ouro Preto: Registros Paroquiais e as Possibilidades de Pesquisa, coordenado por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, vem realizando leituras da documentação disponível - das séries de batismos, de casamentos (inclusive de escravos) e óbitos - que representa uma grande contribuição aos estudos da história da família e do universo religioso na Vila Rica setencentista e oitocentista.

Outras informações da instituição Museu de Arte Sacra de Ouro Preto. Paróquia do Pilar:

  • Outros nomes
    • Masop (Ouro Preto, MG)
    • Museu de Arte Sacra (Ouro Preto, MG)
    • Museu de Arte Sacra de Ouro Preto (MG)
    • Museu de Arte Sacra do Carmo (Ouro Preto, MG)
  • Atuação
    • Museu de Arte

Fontes de pesquisa (3)

  • BANDEIRA, Manuel. Guia de Ouro Preto. 3.ed. rev. atualizada. Rio de Janeiro: Livraria/ Editora da Casa do Estudante do Brasil, 1957, 170 pp. Il. P&b.
  • CAMPOS, Adalgisa Arantes et alii. O banco de dados relativo ao acervo da Freguesia de N. Sra. do Pilar de Ouro Preto: registros paroquiais e as possibilidades da pesquisa. Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional - Universidade Federal de Minas Gerais - Cedeplar - UFMG. Disponível em: [http://www.cedeplar.ufmg.br/diamantina2002/textos/D01.PDF]. Acesso em: set. 2006.
  • LOURENÇO, Maria Cecília França (org.). Guia de museus brasileiros. São Paulo: Edusp: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2000. 498 p., il. color. (Uspiana Brasil 500 anos).

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • MUSEU de Arte Sacra de Ouro Preto. Paróquia do Pilar. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/instituicao216593/museu-de-arte-sacra-de-ouro-preto-paroquia-do-pilar>. Acesso em: 20 de Mar. 2019. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7