Artigo da seção grupos Teatro Duse

Teatro Duse

Artigo da seção grupos
Teatro  
Data de criação da obra Teatro Duse: 1952 Local de crição: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro) | Data de término 1956 Local de término: (Brasil / Rio de Janeiro / Rio de Janeiro)

Histórico
Criado por Paschoal Carlos Magno, o Teatro Duse abriga o Teatro do Estudante do Brasil, que lidera o movimento em favor da formação de profissionais e do teatro comprometido com a arte mais do que com o lucro.

Quando Paschoal Carlos Magno transforma o andar térreo de sua residência em um teatro, o Teatro do Estudante do Brasil - TEB já conta com mais de dez anos de atividade. Inaugurado em 1938, o TEB se dedica a montagens de grandes autores nacionais e estrangeiros - William Shakespeare, Gonçalves Dias, Sófocles, Henrik Ibsen, Martins Pena. Em 1948, o TEB apresenta uma histórica montagem de Hamlet, com uma composição realista de Sergio Cardoso, a primeira de que se tem notícia no teatro brasileiro. Em 1952, o TEB realiza uma turnê de dois meses e meio pelo norte do país apresentando, gratuitamente, um repertório de sete espetáculos. Na volta, o TEB inaugura o Teatro Duse, de cem lugares, sobre o qual escreve seu idealizador: "Todos os elementos que o servem - bilheteiro, porteiro, indicadores, intérpretes, cenógrafos, figurinistas, maquinistas, publicistas, costureiras, aderecistas, secretários, diretores - são estudantes. Não anima o Teatro Duse nenhum objetivo comercial. É o núcleo de um teatro-escola, dirigido por moços e baseado no entusiasmo, no desinteresse e no idealismo dos moços".1

Durante seus quatro anos de existência, o Teatro Duse apresenta 21 espetáculos de autores brasileiros inéditos, entre eles Frankel, de Antônio Callado; Lampião, de Rachel de Queiroz; João Sem Terra, de Hermilo Borba Filho; e Lázaro, de Francisco Pereira da Silva. Além de realizar montagens, o Teatro Duse se dedica ao ensino da profissão que, em cursos de um ano de duração, inclui o estudo da prosódia, da história do teatro, da caracterização, da mímica, do texto. Esther Leão é a professora encarregada de ensinar ao alunos a arte de interpretar. Entre os demais professores, figuram: Bibi Ferreira, Nina Ranewsky, Adacto Filho, José Jansen. Participam do TEB, entre outros, Othon Bastos, B. de Paiva, Fernando Pamplona, Oswaldo Loureiro, Maria Pompeu, Consuelo Leandro, Pernambuco de Oliveira, Glauce Rocha, Miriam Pérsia e Joel Barcelos.

O Teatro Duse abre-se a outros grupos amadores, que se apresentam em sua sala de espetáculos. Faz também produções conjuntas, em que reúne profissionais convidados a alunos do TEB - nessas ocasiões dá preferência a autores estrangeiros e a textos ainda inéditos no Brasil, como Espectros, de Henrik Ibsen, e peças em um ato, de Anton Tchekhov.

Em 1956, o Teatro Duse encerra suas atividades. Em abril de 1958, com o patrocínio da Sociedade Brasileira de Arte, reabre, com direção de Paschoal e com Luís de Lima como professor e diretor de espetáculos, mas volta a fechar depois de quatro meses, tendo produzido um espetáculo, que se apresenta no Primeiro Festival Nacional de Teatro de Estudantes, em Recife.

O Teatro do Estudante e o Teatro Duse iniciam um movimento que vincula o aprendizado do teatro à escola e, por meio da atuação de amadores, renova o teatro brasileiro nas décadas de 1940 e 1950, cultivando a idéia do estudo e da técnica em substituição ao improviso e ao talento nato. São precursores de outras iniciativas como a Fundação Brasileira de Teatro - FBT, da atriz Dulcina de Moraes; O Tablado, da dramaturga e diretora Maria Clara Machado, e das escolas de teatro que nessa década começam a surgir no país.

Espetáculos (24)

Todos os espetáculos

Fontes de pesquisa (1)

  • Teatro do Estudante do Brasil, Teatro Universitário e Teatro Duse. Dionysos, Rio de Janeiro, n. 23, set. 1978. Edição especial.

Como citar?

Para citar a Enciclopédia Itaú Cultural como fonte de sua pesquisa utilize o modelo abaixo:

  • TEATRO Duse. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2017. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural.org.br/grupo399331/teatro-duse>. Acesso em: 24 de Mai. 2017. Verbete da Enciclopédia.
    ISBN: 978-85-7979-060-7