Resultados encontrados buscando por “Pintura” em Obras e Cinema

(7) artigos disponíveis
Apresentação do conteúdo em Grid Grid
Apresentação do conteúdo em Lista Lista
Limpar Filtros

Artigo sobre Sermões: A História de Antônio Vieira

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoSermões: A História de Antônio Vieira: 1989
Autores da obra:
Resumo do artigo Sermões: A História de Antônio Vieira:

Análise Sermões - A História de Antonio Vieira é dirigido por Julio Bressane (1946) , inspirado nos sermões de padre Antonio Vieira (1608-1697) . O filme conta com a colaboração do poeta Haroldo de Campos (1929-2003), um dos fundadores do concretismo que, além de prestar, como Bressane define, uma "assessoria poética", participa de uma cena lendo o fragmento inicial das Galáxias, um dos

Artigo sobre O Beijo

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Beijo: 1964
Autores da obra:
Resumo do artigo O Beijo:

O Beijo é o primeiro longa-metragem dirigido pelo produtor e gestor cinematográfico paulista Flávio Tambellini (1927-1976). O filme é uma adaptação da peça teatral O Beijo no Asfalto (1960), do escritor Nelson Rodrigues (1912-1980) , que também assina os diálogos. Tambellini, ao transpor o texto de Rodrigues, foca os conflitos existenciais dos personagens, com um tratamento visual que remete

Artigo sobre Argila

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoArgila: 1942
Autores da obra:
Resumo do artigo Argila:

Argila é dirigido por Humberto Mauro (1897-1983) , estrelado por Carmen Santos e produzido pela Brasil Vita Film, pertencente à atriz. Feito no período em que Mauro já atuava como diretor técnico do Instituto Nacional de Cinema Educativo (Ince), o filme está permeado por estes ideais, o que explica, por exemplo, a participação de Edgard Roquette Pinto na obra. A produção conta a história

Artigo sobre O Descobrimento do Brasil

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Descobrimento do Brasil: 1937
Autores da obra:
Resumo do artigo O Descobrimento do Brasil:

Descobrimento do Brasil é dirigido por Humberto Mauro (1987-1983) . Produção do Instituto de Cacau da Bahia (ICB), conta com a participação de intelectuais importantes do período, como Edgar Roquette-Pinto, então diretor-presidente do Instituto Nacional de Cinema Educativo (Ince), e Affonso de Taunay, diretor do Museu Paulista . Heitor Villa-Lobos (1887-1959) compõe especialmente quatro

Artigo sobre Guerra Conjugal

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoGuerra Conjugal: 1975
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Guerra Conjugal:

Guerra Conjugal (1975) é o quarto longa-metragem ficcional dirigido por Joaquim Pedro de Andrade (1932-1988). Depois do drama romântico rural O Padre e a Moça (1965), da literatura modernista em Macunaíma (1969) e do teatro histórico brechtiano em Os Inconfidentes (1972), o diretor aborda a comédia burguesa em chave erótica, aventurando-se no terreno da pornochanchada, gênero que no

Artigo sobre A Marvada Carne

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoA Marvada Carne: 1985
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo A Marvada Carne:

A Marvada Carne (1985) é o primeiro longa de André Klotzel (1959) . Produção da Tatu Filmes, que trabalha em sistema de cooperativa, no qual os participantes são acionistas do filme, também teve verba da Embrafilme. É um dos representantes do jovem cinema paulista dos anos 1980, denominado de cinema da vila. Assim como outras realizações de ex-alunos da Escola de Comunicações e Artes da

Artigo sobre O Quarto

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Quarto: 1968
Autores da obra:
Resumo do artigo O Quarto:

Análise O Quarto é o segundo longa-metragem escrito e dirigido por Rubem Biáfora  (1922-1996) , que se notabiliza como crítico de cinema, atividade que exerce no jornal O Estado de S. Paulo, dos anos 1950 à década de 1980. Biáfora privilegia, como crítico, um estilo afinado com os melhores exemplos dos grandes autores do cinema de Hollywood ou os cineastas modernos não dispostos a