Resultados encontrados buscando por “Poesia” em Literatura

(259) artigos disponíveis
Apresentação do conteúdo em Grid Grid
Apresentação do conteúdo em Lista Lista
Limpar Filtros

Artigo sobre Centro Popular de Cultura (CPC)

Artigo da seção grupos
Temas do artigo: Teatro / música / cinema / literatura / artes visuais  
Data de criação da obra Centro Popular de Cultura (CPC): 1961  |  Data de término 1964
Resumo do artigo Centro Popular de Cultura (CPC):

O Centro Popular de Cultura - CPC é criado em 1961, no Rio de Janeiro, ligado à União Nacional de Estudantes - UNE, e reúne artistas de distintas procedências: teatro, música, cinema, literatura, artes plásticas etc. O eixo do projeto do CPC se define pela tentativa de construção de uma "cultura nacional, popular e democrática", por meio da conscientização das classes populares. A idéia

Artigo sobre A Rosa do Povo

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoA Rosa do Povo: 1945
Autores da obra:
Resumo do artigo A Rosa do Povo:

A Rosa do Povo é o quinto livro de poemas de Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) . Após a boa recepção de sua obra de estreia, Alguma poesia (1930), seguida por Brejo das almas (1934), o poeta inicia a chamada “fase participante” com Sentimento do mundo (1940), culminando na publicação de A Rosa do Povo . Os poemas são escritos entre 1943 e 1945 e publicados antes, em jornais e

Artigo sobre Convergência

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoConvergência: 1970
Autores da obra:
Resumo do artigo Convergência:

Em Convergência , Murilo Mendes (1901-1975) não apresenta o que se esperaria de uma coletânea derradeira de inéditos. Publicado em 1970, seus 145 poemas nada têm de testemunho técnico ou temático. Pelo contrário, o volume reflete as inquietudes de seu autor, concentradas numa consciência crescente da crise dos fundamentos da expressão poética tradicional e numa maior atenção à razão inerente

Artigo sobre Broqueis

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoBroqueis: 1893
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução Fotográfica Horst Merkel

Resumo do artigo Broqueis:

Análise Publicados na sequência do volume de prosa lírica Missal (1893) , os 54 poemas de Broquéis (1893), de Cruz e Sousa (1861-1898) , são considerados um marco da estética simbolista na poesia brasileira. A obra explora as divisas temáticas do movimento e eleva a musicalidade do verso à excelência, com tensão de sentido até então desconhecida de seus contemporâneos. Um exame

Artigo sobre Poesias

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Resumo do artigo Poesias:

Destacado como um dos maiores poetas brasileiros, Gregório de Matos (1636-1696) não deixa um livro com suas composições. O conjunto de sua obra resulta no registro escrito de recolhas orais feitas nos séculos XVII e XVIII na Bahia, objeto de incertezas e polêmicas. Apesar dos problemas relacionados à autoria, os poemas são invariavelmente valorizados pela crítica – ainda que não haja consenso

Artigo sobre Invenção de Orfeu

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoInvenção de Orfeu: 1952
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica Horst Merkel

Resumo do artigo Invenção de Orfeu:

Invenção de Orfeu é um dos projetos mais ambiciosos e ousados da literatura brasileira. Considerado ápice e síntese da carreira de Jorge de Lima (1893-1953) , propõe-se a contar “a história mal dormida de uma viagem”. A definição do enredo dá lugar à experimentação sem precedentes: obra metalinguística, questiona a possibilidade de um amplo e coeso monumento poético da modernidade.

Artigo sobre Romanceiro da Inconfidência

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoRomanceiro da Inconfidência: 1953
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução Fotográfica Horst Merkel

Resumo do artigo Romanceiro da Inconfidência:

Análise Romanceiro da Inconfidência (1953), de Cecília Meireles (1901-1964) , livro de poemas que efetua um mergulho lírico na história da Conjuração Mineira (1789), é das obras poéticas de maior fôlego na literatura brasileira. Resultado de dez anos de pesquisa sobre o século XVIII no Brasil, o livro registra com exatidão dados e documentos históricos, embora busque uma resposta poética

Artigo sobre Eu e Outras Poesias

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoEu e Outras Poesias: 1912
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Brasiliana Itaú/Acervo Banco Itaú Reprodução Fotográfica Horst Merkel

Resumo do artigo Eu e Outras Poesias:

Com a publicação Eu , em 1912, pelo poeta paraibano Augusto dos Anjos (1884-1914) , retomam-se as balizas então canônicas da poesia nacional sob o signo da perplexidade. São elas o romantismo tardio, fundamental para a expressão de si - esse "eu" - que atravessa cada uma das composições; e a mistura de temática sombria e apuro linguístico, na qual a estética simbolista se deixa mediar pelas

Artigo sobre A Educação pela Pedra

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoA Educação pela Pedra: 1966
Autores da obra:
Resumo do artigo A Educação pela Pedra:

Resultado de uma poética que, empenhada na busca pela racionalidade, reduziu-se ao essencial, A Educação pela Pedra (1966) é considerado o ponto mais alto da obra de João Cabral de Melo Neto (1920-1999) . Os poemas retomam os temas de predileção do autor - em torno da privação, do Nordeste brasileiro e da cidade espanhola Sevilha - e constroem-se com rigor técnico evidente desde a organização

Artigo sobre História da Literatura Brasileira

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoHistória da Literatura Brasileira: 1916
Autores da obra:
Resumo do artigo História da Literatura Brasileira:

A História da Literatura Brasileira (1916) é resultado da sistematização do crítico, educador e literato paraense José Veríssimo (1857-1916) . Publicada quase duas décadas depois da História da Literatura Brasileira (1888), de Silvio Romero (1851-1914) , diferencia-se dela em recorte e método. A obra de Veríssimo procura identificar, por meio da história brasileira, um corpo de obras

Artigo sobre A Bagaceira

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoA Bagaceira: 1928
Autores da obra:
Resumo do artigo A Bagaceira:

Publicado em 1928 pelo escritor José Américo de Almeida (1887-1980), A Bagaceira é, nas palavras do crítico literário Alfredo Bosi (1936) , um “marco da literatura social nordestina”. O romance anuncia questões a serem aprofundadas pelo gênero, na década de 1930, e expõe a influência de modelos literários anteriores, sobretudo o naturalismo. O enredo tem por centro um triângulo amoroso,

Artigo sobre Tarde

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoTarde: 1919
Autores da obra:
Resumo do artigo Tarde:

Os poemas de Tarde  (1919), de Olavo Bilac (1865-1918) , reúnem-se sob um título que logo anuncia o tom crepuscular predominante nas composições. Com redação concluída no ano da morte de Bilac e publicação póstuma, o livro confirma o domínio desse parnasiano sobre o verso, e revela um sujeito às voltas com a “antevelhice”, nostálgico e mais reflexivo do que em sua produção anterior. Na

Artigo sobre Machado de Assis

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoMachado de Assis: 1936
Autores da obra:
Resumo do artigo Machado de Assis:

Publicado em 1936, o estudo crítico e biográfico Machado de Assis, de Lúcia Miguel Pereira (1901-1959), está entre os principais trabalhos da recepção crítica machadiana. É o primeiro a analisar a obra do escritor de um ponto de vista não determinista. Ao lado do livro Machado de Assis (1935), de Augusto Meyer (1902 -1970) , constitui um modelo crítico diferenciado. Opõe-se ao estudo da obra

Artigo sobre Baú de Ossos

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoBaú de Ossos: 1972
Autores da obra:
Resumo do artigo Baú de Ossos:

Baú de Ossos , estreia de Pedro Nava (1903-1984) na prosa, é saudado desde seu lançamento como um livro único na literatura brasileira. Aos 64 anos, e até então poeta bissexto, o autor inicia uma obra bastante particular: uma autobiografia que ultrapassa os limites confessionais e individuais, apresentando um panorama de sua época e memórias que se revelam a partir do tratamento ficcional,

Artigo sobre Viva o Povo Brasileiro

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoViva o Povo Brasileiro: 1984
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução Fotográfica Horst Merkel

Resumo do artigo Viva o Povo Brasileiro:

Análise Em Viva o Povo Brasileiro (1984), João Ubaldo Ribeiro (1941-2014) envereda pelas obras de interpretação e definição de um sentido de Brasil. Na mesma tradição de clássicos como O Guarani (1857) e Macunaíma (1928), o autor procura estabelecer as linhas mestras da formação da sociedade nacional. A narrativa se passa na Ilha de Itaparica (com rápidas incursões a Salvador,

Artigo sobre As primaveras

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoAs primaveras: 1859
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução Fotográfica Horst Merkel

Resumo do artigo As primaveras:

Análise Um dos mais populares livros do Romantismo brasileiro, As Primaveras (1859), de Casimiro de Abreu (1839-1860) , única obra publicada em vida pelo autor, reúne poemas escritos entre 1855 e 1858. Dividido em quatro partes, tem como temas o amor, a morte e a saudade. Os poemas refletem impressões e sentimentos do eu lírico, quase sempre em primeira pessoa. O livro

Artigo sobre Quarto de Despejo: diário de uma favelada

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoQuarto de Despejo: diário de uma favelada: 1960
Autores da obra:
Resumo do artigo Quarto de Despejo: diário de uma favelada:

Análise Quarto de despejo: diário de uma favelada é a primeira e mais conhecida obra da escritora Carolina Maria de Jesus. O impacto causado pelo diário na mídia e em setores do meio literário nacionais deve-se, sobretudo, à experiência social narrada como testemunho pela autora. Nascida em Sacramento, Minas Gerais, Carolina Maria de Jesus transfere-se para São Paulo em 1937, onde trabalha