Resultados encontrados buscando por “Música Erudita” em Música

(383) artigos disponíveis
Apresentação do conteúdo em Grid Grid
Apresentação do conteúdo em Lista Lista
Limpar Filtros

Artigo sobre Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV Parque Lage)

Artigo da seção instituições
Temas do artigo: Artes visuais / cinema / teatro / música / dança  
Data de aberturaEscola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV Parque Lage): 1975
Resumo do artigo Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV Parque Lage):

Localizada no parque Lage, na rua Jardim Botânico nº 414, no Rio de Janeiro, a Escola de Artes Visuais (EAV) é criada oficialmente pelo Departamento de Cultura da Secretaria de Estado de Educação em 1975. Sua origem liga-se ao Instituto de Belas Artes (IBA), fundado em 1950 e transferido para o parque Lage em 1966. A extinção do instituto e a constituição de uma nova escola

Artigo sobre O Presente

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoO Presente: 2006
Autores da obra:
Resumo do artigo O Presente:

Análise Lançado em 2006 pelo selo Água Forte, com patrocínio da Petrobras, O Presente faz um recorte na obra de Willy Corrêa de Oliveira (1938) , com ênfase no período de retomada da atividade de compositor, incluindo também algumas obras anteriores a esta fase. Com encarte de 64 páginas de textos do compositor sobre as peças gravadas, e desenhos de Enio Squeff, o álbum consiste em dois

Artigo sobre Embalar

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Resumo do artigo Embalar:

1. Embalar     (Dante Ozzetti / Luiz Tatit) 2. Musa da Música     (Dante Ozzetti / Luiz Tatit) 3. A Lente do Homem     (Manu Lafer) 4. Minha Voz     (Déa Trancoso) 5. Miolo     (Ná Ozzetti / Luiz Tatit) 6. Lizete     (Kiko Dinucci / Jonathan Silva) 7. Nem Oi

Artigo sobre Caipira de Fato - Voz e Viola

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoCaipira de Fato - Voz e Viola: 1997
Autores da obra:

Resumo do artigo Caipira de Fato - Voz e Viola:

Caipira de Fato é o segundo trabalho da parceria entre a cantora Inezita Barroso (1925-2015) e o compositor Roberto Corrêa (1957). Gravado nos estúdios da RGE, em São Paulo, em 1997, o CD rende a Inezita o Prêmio Sharp de melhor cantora regional daquele ano. O disco dá sequência ao mapeamento de músicas regionais brasileiras iniciado no trabalho anterior da dupla, Voz e Viola ( 1996 ). Ambos

Artigo sobre Panis et Circenses

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoPanis et Circenses: 1968
Autores da obra:

Resumo do artigo Panis et Circenses:

Análise A canção "Panis et Circenses" , composta por Caetano Veloso (1942) e Gilberto Gil (1942) , é lançada em 1968 nos discos Tropicália ou Panis et Circenses (Polygram/Phillips) e Os Mutantes (Polydor), neste com uma introdução de metais diferente da anterior. A interpretação da música é do grupo Os Mutantes, formado pela cantora e compositora Rita Lee (1947) e pelos irmãos

Artigo sobre Pelo Telefone (1916)

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoPelo Telefone (1916): 1916
Autores da obra:

Resumo do artigo Pelo Telefone (1916):

Análise A historiografia da música popular no Brasil consagra a gravação da canção “Pelo Telefone” (1916), de autoria de Ernesto dos Santos, o Donga (1890-1974) , e Mauro de Almeida (1882-1956), o Peru dos Pés Frios, como um marco da história cultural brasileira. Durante muito tempo ela é tratada como o primeiro registro fonográfico de um samba, condição questionada e atualmente já revista.

Artigo sobre O Bonde de São Januário

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoO Bonde de São Januário: 1940
Resumo do artigo O Bonde de São Januário:

Parceria entre Wilson Batista (1913-1968) e Ataulfo Alves (1909-1969) , o samba “O Bonde de São Januário” é gravado por Cyro Monteiro (1913-1973)  no disco Victor, com acompanhamento do regional e coro da RCA Victor, em 1940. No carnaval de 1941, repete o sucesso dos três com “Ó Seu Oscar”, vencedor do concurso de música popular na categoria samba, promovido pelo Departamento de Imprensa

Artigo sobre Clube da Esquina (1972)

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoClube da Esquina (1972): 1972
Autores da obra:

Resumo do artigo Clube da Esquina (1972):

Análise O álbum Clube da Esquina , gravado entre 1971 e 1972 na Emi-Odeon, é composto por dois discos, fato raro para a época, somando 63 minutos e 13 segundos de música. Ele contém 21 canções e, excetuando-se duas , todas são compostas e interpretadas por um grupo de jovens músicos mineiros ainda desconhecidos. Eles dão origem ao movimento musical conhecido pelo título do álbum, em alusão

Artigo sobre Luar do Sertão

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoLuar do Sertão: 1914
Resumo do artigo Luar do Sertão:

Uma das mais conhecidas músicas do cancioneiro brasileiro, Luar do Sertão tem sua primeira gravação por Eduardo das Neves (1874-1919), em disco da Odeon lançado em 1914, catalogado como toada sertaneja. Na esteira da música chamada “caipira” ou “sertaneja” – fusão de ritmos e gêneros do interior do país, tais como modas, toadas, cateretês e emboladas – esta gravação se encerra com um diálogo

Artigo sobre Sobrevivendo no Inferno (1997)

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoSobrevivendo no Inferno (1997): 2007
Autores da obra:
Resumo do artigo Sobrevivendo no Inferno (1997):

Análise Sobrevivendo no Inferno , lançado em dezembro de 1997, é o quarto disco do grupo de rap Racionais MC’ s. O trabalho é o primeiro do quarteto lançado pelo selo do grupo, Cosa Nostra, com mais de 1 milhão de cópias vendidas. A primeira faixa do disco é uma versão para “Jorge da Capadócia”, de Jorge Ben Jor (1942), do disco Solta o Pavão (1975), regravada por Caetano

Artigo sobre De Papo Pro Á

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoDe Papo Pro Á: 1931
Resumo do artigo De Papo Pro Á:

Análise “Não quero outra vida/ Pescando no rio de jereré”, declara o matuto nos versos iniciais do cateretê “De Papo pro Á”, uma das mais conhecidas parcerias do compositor mineiro Joubert de Carvalho (1900-1977) com o poeta pernambucano Olegário Mariano (1889-1958) , autores da igualmente famosa toada “Maringá”. Gravada em 1931 pelo cantor Gastão Formenti (1894-1974) , com

Artigo sobre Expresso 2222

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoExpresso 2222: 1972
Autores da obra:
Resumo do artigo Expresso 2222:

Análise Gilberto Gil (1942) lança o LP Expresso 2222 em 1972, pela gravadora Philips, meses depois de retornar ao Brasil do exílio de dois anos e meio em Londres. Muitas canções são escritas durante a estada dele e do parceiro, Caetano Veloso (1942) , na Europa: “Ele e Eu” e a faixa título são compostas em Londres; “O Sonho Acabou”, na Ilha de Glastonbury; “Oriente”, na Ilha de

Artigo sobre Secos & Molhados

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoSecos & Molhados: 1973
Autores da obra:
Resumo do artigo Secos & Molhados:

Em 23 de maio de 1973, Gerson Conrad (1952), no violão e vocal, João Ricardo (1949), no violão, vocal e gaita e Ney Matogrosso (1941), no vocal, entram em estúdio para gravar o primeiro álbum dos Secos & Molhados. Finalizado duas semanas depois, é lançado em agosto, com shows no Teatro Aquarius, e em setembro, no Teatro Itália, em São Paulo. O conjunto já faz algum sucesso com apresentações

Artigo sobre Se Você Jurar

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoSe Você Jurar: 1930
Autores da obra:

Resumo do artigo Se Você Jurar:

Análise O samba Se Você Jurar é uma composição de Ismael Silva (1905-1978) e Nilton Bastos (1899-1931), mas os registros fonográficos e legais apresentam ainda a parceria de Francisco Alves (1898-1952). Na verdade este samba da dupla é mais um entre as dezenas de casos em que o conhecido cantor compra ou grava determinada canção em troca da inclusão de seu nome nas parcerias. A canção é

Artigo sobre História do Brasil

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoHistória do Brasil: 1934
Autores da obra:
Resumo do artigo História do Brasil:

Lançada em janeiro de 1934, a marcha “História do Brasil” é composta por Lamartine Babo (1904-1963) e gravada por Almirante (1908-1980) em 15 de dezembro de 1933, com o coro da gravadora Victor e acompanhamento do conjunto Diabos do Céu. Ocupa o lado B do disco de 78 rpm de Almirante, cujo lado A traz outra marcha de Babo, “Menina Oxigené”, em parceria com Hervé Cordovil (1914-1979) .