Resultados encontrados buscando por “Cinema Novo”

(1.893) artigos disponíveis
Apresentação do conteúdo em Grid Grid
Apresentação do conteúdo em Lista Lista

Artigo sobre O Pirotécnico Zacarias

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoO Pirotécnico Zacarias: 1974
Autores da obra:
Resumo do artigo O Pirotécnico Zacarias:

Com a publicação da coletânea de oito contos O Pirotécnico Zacarias (1974), o contista Murilo Rubião (1916-1991) chega ao sucesso como escritor. Passados 27 anos da estreia com O Ex-Mágico (1947), Rubião une a constante revisão da forma literária (alguns contos chegam à forma definitiva após décadas de revisões) a uma impassível economia de gestos literários. Destes, destacam-se a escassez

Artigo sobre Bloco do Eu Sozinho

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoBloco do Eu Sozinho: 2001
Resumo do artigo Bloco do Eu Sozinho:

Depois do álbum de estreia ultrapassar a marca das 250 mil cópias vendidas em virtude do sucesso da faixa Anna Julia , o grupo carioca Los Hermanos se reúne em um sítio na região serrana do Estado do Rio de Janeiro e grava seu segundo álbum. No mesmo ano, em 2001, lança Bloco do Eu Sozinho , com uma mudança em sua formação. O baixista Patrick Laplan deixa o grupo para montar seu próprio

Artigo sobre Balé Neoconcreto I

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de criaçãoBalé Neoconcreto I: 1958
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Balé Neoconcreto I:

O Balé Neoconcreto I (1958) é criado por Lygia Pape (1927-2004) com base na articulação de sólidos geométricos e de acordo com poema de Reynaldo Jardim (1926-2011). A obra marca o interesse de Lygia Pape pela expansão da linguagem concretista, integrando poesia, dança e escultura, propondo múltiplas possibilidades de configuração ao fazer artístico. Concebido por Lygia Pape e o poeta

Artigo sobre Batismo de Sangue

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoBatismo de Sangue: 2006
Autores da obra:
Resumo do artigo Batismo de Sangue:

O quinto longa-metragem de Helvécio Ratton (1949), lançado em 2006, é uma adaptação da obra homônima de Frei Betto (1944) , vencedor do prêmio Jabuti de 1985. O filme retoma o final da década de 1960 no Brasil e denuncia a violência do Estado durante a ditadura militar. Registra o período após a promulgação do Ato Institucional nº 5 (AI-5), quando a tortura passa a ser institucionalizada pelos

Artigo sobre Sonho de Rose, 10 Anos Depois

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoSonho de Rose, 10 Anos Depois: 1997
Autores da obra:
Resumo do artigo Sonho de Rose, 10 Anos Depois:

Análise O Sonho de Rose, 10 anos depois (1997) é um documentário de longa-metragem dirigido por Tetê Moraes (1943). O roteiro é assinado por Paulo Halm (1962) e Tetê Vasconcellos, e a música tema “Assentamento” é de Chico Buarque (1944) . Com produção da Vemver Brasil, o documentário é financiado, em grande parte, pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e traz a

Artigo sobre Expresso 2222

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoExpresso 2222: 1972
Autores da obra:
Resumo do artigo Expresso 2222:

Análise Gilberto Gil (1942) lança o LP Expresso 2222 em 1972, pela gravadora Philips, meses depois de retornar ao Brasil do exílio de dois anos e meio em Londres. Muitas canções são escritas durante a estada dele e do parceiro, Caetano Veloso (1942) , na Europa: “Ele e Eu” e a faixa título são compostas em Londres; “O Sonho Acabou”, na Ilha de Glastonbury; “Oriente”, na Ilha de

Artigo sobre Crônica da Casa Assassinada

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoCrônica da Casa Assassinada: 1959
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução Fotográfica Horst Merkel

Resumo do artigo Crônica da Casa Assassinada:

Análise Crônica da Casa Assassinada (1959) é a obra máxima do romancista, poeta e dramaturgo Lúcio Cardoso (1913-1968) . De acordo com o pesquisador Mario Carelli (1951-1994), pode-se dizer que o “percurso humano e artístico” de Cardoso “desemboca” nesse romance.Trata-se do ápice da trajetória iniciada em 1934, com Maleita , afinado com a tendência regionalista dominante na época.

Artigo sobre Quarto de Despejo: diário de uma favelada

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoQuarto de Despejo: diário de uma favelada: 1960
Autores da obra:
Resumo do artigo Quarto de Despejo: diário de uma favelada:

Análise Quarto de despejo: diário de uma favelada é a primeira e mais conhecida obra da escritora Carolina Maria de Jesus. O impacto causado pelo diário na mídia e em setores do meio literário nacionais deve-se, sobretudo, à experiência social narrada como testemunho pela autora. Nascida em Sacramento, Minas Gerais, Carolina Maria de Jesus transfere-se para São Paulo em 1937, onde trabalha

Artigo sobre Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoNós que Aqui Estamos por Vós Esperamos: 1999
Autores da obra:
Resumo do artigo Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos:

Análise Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos (1999) é um longa-metragem documental dirigido por Marcelo Masagão (1958). O filme é uma antologia audiovisual do século XX, intercalando e sobrepondo imagens de filmes antigos, fotos, reportagens de televisão e de arquivos. O trabalho de montagem, assinado também por Masagão, cria narrativas, simultaneamente, reais e ficcionais, construídas

Artigo sobre Zero

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoZero: 1975
Autores da obra:
Resumo do artigo Zero:

Análise      Ignácio de Loyola Brandão (1936) estreia na literatura com o livro de contos Depois do Sol (1965). Zero (1975) é o segundo romance do escritor, publicado após Bebel que a Cidade Comeu (1968). Em Bebel, inicia-se a experimentação formal, o diálogo com a realidade histórica e social do Brasil dos anos 1970 e a criação do arcabouço documental de Zero . A

Artigo sobre Panis et Circenses

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Música  
Data de criaçãoPanis et Circenses: 1968
Autores da obra:

Resumo do artigo Panis et Circenses:

A canção "Panis et Circenses" , composta por Caetano Veloso (1942 e Gilberto Gil (1942) , é lançada em 1968 nos discos Tropicália ou Panis et Circenses  (Polygram/Phillips) e Os Mutantes (Polydor), neste com uma introdução de metais diferente da anterior. A interpretação da música é do grupo Os Mutantes, formado pela cantora e compositora Rita Lee (1947) e pelos irmãos compositores e

Artigo sobre Macunaíma, O Herói sem Nenhum Caráter

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoMacunaíma, O Herói sem Nenhum Caráter: 1928
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica Horst Merkel

Resumo do artigo Macunaíma, O Herói sem Nenhum Caráter:

Publicada em 1928, Macunaíma é considerada uma das obras mais importantes de Mário de Andrade (1893-1945) . A história do “Herói sem Nenhum Caráter” (subtítulo) condensa boa parte do ideário do primeiro modernismo brasileiro. O movimento inicia-se com a Semana de Arte Moderna de 1922, da qual Mário de Andrade é um dos principais expoentes.  Na década de 1920, publica livros

Artigo sobre Alô! Alô! Carnaval.

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoAlô! Alô! Carnaval.: 1936
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Alô! Alô! Carnaval.:

Alô! Alô! Carnaval , com direção de Adhemar Gonzaga (1901-1978) , é o terceiro filme da parceria entre a Waldow e a Cinédia. Os outros dois são Alô! Alô! Brasil e Estudantes , ambos de 1935. Aproveitando-se da popularidade dos cantores, a Cinédia adapta os padrões da comédia musical americana. Assim, afasta-se de seu projeto primeiro, tal como expresso na revista Cinearte, de produzir filmes

Artigo sobre Memórias Sentimentais de João Miramar

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Artes visuais  
Data de criaçãoMemórias Sentimentais de João Miramar: 1924
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução Fotográfica Horst Merkel

Resumo do artigo Memórias Sentimentais de João Miramar:

Marco inaugural da prosa modernista brasileira, Memórias Sentimentais de João Miramar , de Oswald de Andrade (1890-1954) , é escrito entre 1916 e 1923 e lançado em 1924 pela Livraria Editora Independência, com tiragem limitada. Ao lado do romance Serafim Ponte Grande (1933), a obra compõe um dos núcleos da prosa em que Oswald formaliza as propostas da vanguarda artística da Semana de Arte

Artigo sobre Habitat: Revista de Artes no Brasil

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Literatura  
Data de criaçãoHabitat: Revista de Artes no Brasil: -10-1950  |  Data de término da criação -12-1965
Resumo do artigo Habitat: Revista de Artes no Brasil:

A Habitat: Revista de Artes no Brasil colabora para a consolidação do campo cultural paulistano num momento em que a atividade crítica ainda é incipiente. Lançada em outubro de 1950 e dedicada às artes plásticas, ao teatro, à dança, à fotografia, ao cinema, à música, ao design e à arquitetura, é um veículo privilegiado para acompanhar os debates e dilemas da produção cultural brasileira até