Cinema

(500) artigos disponíveis
Apresentação do conteúdo em Grid Grid
Apresentação do conteúdo em Lista Lista
Limpar Filtros

Artigo sobre A Hora e a Vez de Augusto Matraga

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoA Hora e a Vez de Augusto Matraga: 1965
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo A Hora e a Vez de Augusto Matraga:

Análise Dirigido por Roberto Santos (1928-1987) , baseado no conto homônimo de Guimarães Rosa (1908-1967) , o filme reúne música original de Geraldo Vandré (1935) , fotografia de Hélio Silva (1959) , montagem de Silvio Reinoldi, diálogos de Gianfrancesco Guarnieri (1934-2006) e interpretação de Leonardo Villar (1923) (Augusto Matraga), Flávio Migliaccio (1934) (Quim

Artigo sobre O Anjo Nasceu

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Anjo Nasceu: 1969
Autores da obra:
Resumo do artigo O Anjo Nasceu:

Análise O Anjo Nasceu (1969), dirigido por Julio Bressane é realizado ao mesmo tempo em que Matou a Família e Foi ao Cinema (1969), com o qual forma um dístico que marca a ruptura do cineasta com o Cinema Novo, movimento que até então participa, Bressane passa assim a ser identificado ao Cinema Marginal.  O Anjo Nasceu acompanha a trajetória de dois marginais: Santamaria [ Hugo

Artigo sobre Sargento Getúlio

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoSargento Getúlio: 1978  |  Data de término da criação 1983
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Sargento Getúlio:

Análise Sargento Getúlio , dirigido por Hermano Penna, é a versão cinematográfica do romance homônimo de João Ubaldo Ribeiro (1941-2014) , publicado em 1971 e contemplado com o Prêmio Jabuti no ano seguinte. O filme nasce como parte de um projeto intitulado "Momentos da Moderna Literatura Brasileira", que consiste em fazer, com modestos recursos financeiros, adaptações cinematográficas de

Artigo sobre Toda Nudez Será Castigada

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoToda Nudez Será Castigada: 1972
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Toda Nudez Será Castigada:

Toda Nudez Será Castigada  (1972). Terceiro longa-metragem de Arnaldo Jabor (1940) . Adaptação da peça teatral de Nelson Rodrigues (1912-1980) , encenada pela primeira vez, em 1965, pelo diretor e ator Ziembinski (1908-1978). O filme tem como protagonistas a prostituta Geni (Darlene Glória) e o viúvo Herculano (Paulo Porto). Eles se conhecem depois que Patrício (Paulo César Pereio),

Artigo sobre Porto das Caixas

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoPorto das Caixas: 1962
Autores da obra:
Resumo do artigo Porto das Caixas:

Análise Porto das Caixas é o primeiro longa-metragem dirigido por Paulo César Saraceni (1933-2012) e o início da parceria com o escritor e artista plástico Lúcio Cardoso (1912-1968) , a quem foi apresentado pelo crítico e ensaísta Otávio de Faria (1908-1980), fundador do lendário Chaplin Club. Partindo do universo literário de Cardoso, Saraceni realiza a "trilogia da paixão" composta

Artigo sobre A Filha do Advogado

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoA Filha do Advogado: 1926
Autores da obra:
Resumo do artigo A Filha do Advogado:

Análise A Filha do Advogado , dirigido por Jota Soares (1936-1988), é produzido pela Aurora-Film (fundada por Gentil Roiz e Edson Chagas) e baseado na novela homônima do poeta Costa Monteiro. A trama simples descreve os problemas iniciados com a mudança de Heloísa (Guiomar Teixeira) e sua mãe (Jasmelina de Oliveira) para a cidade do Recife. Heloísa é a filha bastarda do renomado

Artigo sobre Madame Satã

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoMadame Satã: 2002
Resumo do artigo Madame Satã:

Análise Madame Satã , lançado em 2002 1 , é o longa de estreia de Karim Ainöuz (1966) , cineasta brasileiro radicado nos Estados Unidos. O longa marca o lançamento no cinema do ator baiano Lázaro Ramos (1978) ,  intérprete de Satã, tornando-o conhecido do grande público. O filme é distribuído pela Miramax e coproduzido pela Wild Bunch, produtora francesa, também responsável pela

Artigo sobre Central do Brasil

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoCentral do Brasil: 1998
Autores da obra:
Resumo do artigo Central do Brasil:

Análise Central do Brasil (1998), dirigido por Walter Salles (1956), é um dos filmes fundamentais da chamada retomada do cinema brasileiro, com repercussão internacional e premiado em diferentes festivais. As questões sociais da violência, da migração, do analfabetismo, da religião e da pobreza são representadas no percurso das personagens. Dora [Fernanda Montenegro (1929)],

Artigo sobre Presença de Anita

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoPresença de Anita: 1951
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Presença de Anita:

Análise Primeiro longa-metragem da Cinematográfica Maristela, uma das empresas produtoras que, no início da década de 1950, acompanha o impulso da industrialização do cinema paulista, cujo símbolo mais ambicioso é a Companhia Cinematográfica Vera Cruz. De pretensões mais modestas, a Maristela de igual modo propõe um cinema de “qualidade”, que se contrapõe às chanchadas cariocas, mas dentro

Artigo sobre O País de São Saruê

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO País de São Saruê: 1971
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo O País de São Saruê:

Análise Primeiro documentário em longa-metragem de Vladimir Carvalho (1935). A filmagem, iniciada em 1966, graças ao apoio de Antônio Mariz (1937-1995), prefeito de Sousa, Paraíba, é interrompida pelas chuvas no vale do rio do Peixe, que altera a esperada paisagem de seca da região. Com o acréscimo de novas gravações efetuadas no ano seguinte, monta-se uma primeira versão, ainda em 16 mm e com

Artigo sobre Crioulo Doido

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoCrioulo Doido: 1973
Resumo do artigo Crioulo Doido:

Primeiro longa-metragem do cineasta Carlos Alberto Prates Correia (1941). Sua produção se viabiliza graças ao programa Fundo pró-Cinema, sistema de financiamento do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). O programa é criado nos finais da década de 1960, com a finalidade de ativar um polo cinematográfico para filmes de longa duração, fora do eixo Rio de Janeiro-São Paulo. Segundo

Artigo sobre Braços Cruzados, Máquinas Paradas

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoBraços Cruzados, Máquinas Paradas: 1979
Autores da obra:

Resumo do artigo Braços Cruzados, Máquinas Paradas:

Análise O movimento operário independente e combativo que ressurge em São Paulo a partir de 1978 e articula as primeiras greves de trabalhadores desde o golpe militar [1] encontra um aliado neste documentário à margem dos mecanismos tradicionais de produção. As diversas manifestações que se espraiam pelas indústrias da capital e do ABC paulista são registradas em filmes, como Greve! e

Artigo sobre Cidade Baixa

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoCidade Baixa: 2005
Autores da obra:
Resumo do artigo Cidade Baixa:

Análise Cidade Baixa é o segundo longa metragem realizado por Sérgio Machado (1968) . É sua primeira obra de ficção, após sua estreia como diretor com o documentário Onde a terra acaba (2001), uma biografia do cineasta Mario Peixoto. É o 11⁰ filme brasileiro mais assistido em 2005, atingindo a marca de 100 mil espectadores 1 . Seu título faz referência à parte baixa da cidade de

Artigo sobre O Olho Mágico do Amor

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoO Olho Mágico do Amor: 1981
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo O Olho Mágico do Amor:

Primeiro de três longas-metragens realizados pela dupla de cineastas Ícaro Martins (1954) e José Antônio Garcia (1955-2005), formados pelo curso de cinema da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). O filme é realizado dentro do sistema de produção da Boca do Lixo, tendo a Olympus Filmes, de Adone Fragano (1923-2014), como produtora. O Olho Mágico do Amor ( 1981 )

Artigo sobre A Rainha Diaba

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoA Rainha Diaba: 1974
Autores da obra:
Resumo do artigo A Rainha Diaba:

Análise A Rainha Diaba  é o segundo longa-metragem dirigido por Antônio Carlos da Fontoura (1939). A burguesia carioca, tema de seu filme anterior Copacabana me Engana (1968), é substituída aqui por um mergulho na marginalidade. A partir das ideias de Fontoura, Plínio Marcos (1935-1999) , escreve um argumento inspirado em figuras e fatos reais que conheceu na região portuária de

Artigo sobre A Hora da Estrela

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoA Hora da Estrela: 1985
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo A Hora da Estrela:

Análise Com financiamento da Empresa Brasileira de Filmes (Embrafilme) e produção da Raiz Produções Cinematográficas, A Hora da Estrela é o primeiro longa-metragem dirigido por Suzana Amaral (1928) , uma adaptação da obra homônima da escritora Clarice Lispector, publicada em 1977. O filme narra a trajetória de Macabéa (Marcélia Cartaxo) , migrante nordestina de 19 anos, órfã de pai e

Artigo sobre Nunca Fomos Tão Felizes

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoNunca Fomos Tão Felizes: 1984
Autores da obra:
Resumo do artigo Nunca Fomos Tão Felizes:

Análise Nunca Fomos tão Felizes é o primeiro longa-metragem dirigido por Murilo Salles, cuja carreira cinematográfica começa na direção de fotografia em filmes como A Estrela Sobe (1974) e Dona Flor e seus Dois Maridos (1976), ambos realizados por Bruno Barreto (1955) . Livre adaptação do conto Alguma Coisa Urgentemente , do escritor João Gilberto Noll, Nunca Fomos tão Felizes se

Artigo sobre Proezas de Satanás na Vila de Leva-e-Traz

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoProezas de Satanás na Vila de Leva-e-Traz: 1967
Autores da obra:
Resumo do artigo Proezas de Satanás na Vila de Leva-e-Traz:

Análise Proezas de Satanás na Vila de Leva-e-Traz é o primeiro longa-metragem de Paulo Gil Soares. Trata-se de um filme de ficção que dá continuidade ao estudo da cultura sertaneja, tema este tratado nos documentários anteriores do diretor, como Memória do Cangaço (1964).  Em tom de comédia, Proezas de Satanás na Vila de Leva-e-Traz apresenta a história de um vilarejo

Artigo sobre Noites Paraguayas

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoNoites Paraguayas: 1982
Autores da obra:

Resumo do artigo Noites Paraguayas:

Análise Noites Paraguayas é o primeiro longa-metragem do cineasta Aloysio Raulino (1947-2013) , conhecido na década de 1970 pela realização de documentários de curtas metragens. Produzido pela Atalante Produções Cinematográficas, com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e da extinta Empresa Brasileira de Filmes S.A. (Embrafilme), o longa faz parte de um conjunto de

Artigo sobre Mulher, Mulher

Artigo da seção obras
Temas do artigo: Cinema  
Data de criaçãoMulher, Mulher: 1978  |  Data de término da criação 1979
Autores da obra:
Imagem representativa do artigo
Legenda da imagem representativa do artigo:

Reprodução fotográfica autoria desconhecida

Resumo do artigo Mulher, Mulher:

Análise Mulher, Mulher , dirigido por Jean Garrett (1947-1996) , é o terceiro filme do cineasta produzido por Manoel Augusto Cervantes, da Maspe Filmes. Segundo informações de Nuno César Abreu 1 , o filme é uma produção típica da Boca do Lixo paulista. Cervantes financiava o filme até o final das filmagens, quando então, negociava o acabamento e o seu lançamento junto aos distribuidores.